(21) 3176-0071 | (21) 99663-0071 coberturacoworking@gmail.com
Escolha uma Página

Há alguns anos o Brasil está sofrendo com o aumento do número de desempregados. Segundo o IBGE, entre abril de 2017 e abril de 2018 houve uma alta de 1,9% ou um aumento de 1,2 milhões de pessoas.

Já no final de 2018, os brasileiros começam a ver um recuo no desemprego e esperam para 2019 a aceleração do crescimento econômico para aquecer o mercado de trabalho.

De acordo com a PageGroup Brasil, as áreas de tecnologia, marketing e finanças devem oferecer maiores oportunidades em diversos níveis.

Se você está procurando emprego ou pretende mudar de área, listamos as 10 carreiras mais promissoras de 2019 e porque ficar de olho nessas áreas:

Gerente de parcerias e canais (R$ 15 mil a R$ 20 mil): com a retomada de mercado, as empresas podem precisar de alguém para criar estratégias para atingir metas de produtos/serviços.

Gerente de planejamento financeiro (R$ 14 mil a R$ 25 mil): este profissional será primordial na tomada de decisão e relacionamento entre as diversas áreas, com o objetivo de alcançar o crescimento.

Advogado especialista em disputas jurídicas (R$ 13 mil a R$ 25 mil): no geral, períodos de crises podem gerar litígios devido problemas acumulados, esse profissional é incumbido da parte processual para solucionar conflitos das companhias.

Gerente de Marketing e performance (R$ 10 mil a R$ 15 mil): o profissional é quem irá direcionar o investimento da empresa ao melhor canal para o negócio.

Representante/gerente de vendas (R$ 5 mil a R$ 8 mil): traçar planos comerciais para atingir metas e aumentar as vendas, as empresas devem optar por profissionais que possam encontrar potenciais clientes e parceiros.

Cientista/engenheiro de dados (R$ 9 mil a R$ 18 mil): o profissional dessa área deve criar soluções complexas que envolvem captar, analisar e enxergar tendência de dados.

Desenvolvedor back-age (R$ 7 mil a R$ 13 mil): com as startups surge a necessidade de profissionais que possam dinamizar sites de diversas plataformas a partir de linguagens de programação e deixar as informações visíveis aos usuários.

Desenvolvedor mobile (R$ 10 mil a R$ 17 mil): para disponibilizar informações em formato móvel, os profissionais de programação/criação/reparo de aplicativo para dispositivos móveis devem ser requisitados.

Analista de produtos (R$ 8 mil a R$ 12 mil): profissionais com experiência em produtos diferenciados chamam atenção, seja em áreas tecnológicas ou financeiras.

Gerente (R$ 10 mil a R$ 14 mil): profissionais que saibam gerenciar pessoas e insumos, administrar pagamentos e gestão de fornecedores e terceiros é o foco das empresas.

Outras profissões que estão em alta este ano são: advogado de compliance, recursos humanos, gerente de qualidade, gerente comercial, gerente de desenvolvimento de negócios, consultor de investimentos, especialistas em remuneração, especialista tributário.

%d blogueiros gostam disto: