Escolha uma Página

Ouvir música no trabalho é um dilema frequente dentro do mundo corporativo. Afinal de contas, muitos chefes não autorizam que os funcionários escutem música no ambiente de trabalho, por acreditar que isso pode prejudicar o desempenho do profissional.

Contudo, pesquisas recentes têm mostrado justamente o contrário. Tanto que empresas já têm adotado essa prática para melhorar a performance de suas equipes.

Para saber mais sobre o assunto, continue lendo esse post e descubra o que as pesquisas trazem a respeito desse assunto.

Confira!

 

O que dizem as pesquisas sobre a música no trabalho

 

Segundo uma pesquisa realizada pela agência WebpageFX, a música no trabalho ao invés de atrapalhar o desempenho dos colaboradores, tende a contribuir para uma melhora considerável na performance das equipes de trabalho.

O levantamento aponta, por exemplo, que 88% dos profissionais que tem esse hábito realizam tarefas com mais precisão quando estão ouvindo música.

Além disso, ela também revela que os funcionários que trabalham ouvindo música, se sentem mais motivados e produtivos no ambiente de trabalho.

 

Qual seria a explicação científica para tal feito?

 

Os autores Salimpoor e Zatorre (2013), afirmam que a música faz com que o corpo libere mais dopamina. Essa substância é responsável por dar sensação de prazer ao indivíduo, ao mesmo tempo que aumenta o foco dele.

Além disso, a música também apresenta uma série de outros benefícios. Ela ajuda, por exemplo, na redução do estresse e no fortalecimento do sistema imunológico.  Isso sem contar no aumento da motivação que o ato de ouvir música proporciona.

Mas, atenção!

Especialistas ressaltam que para a música no trabalha realmente estimular o aumento da produtividade e da eficácia dos colaboradores, é necessário escolher os gêneros adequados.

Por exemplo, pesquisadores relatam que:

  • Música clássica aumenta em 12% a eficácia dos trabalhadores.
  • Música pop ajuda a reduzir a incidência de erros em 14%.

De modo geral, o ideal é escolher músicas apenas com som instrumental, pois a letra pode acabar interferindo no processo mental e no foco dos colaboradores.

 

Conclusão

A verdade é que a música no trabalho só tende a trazer benefícios para os colaboradores e a empresa. Então por que não testar essa ideia?

 

%d blogueiros gostam disto: